COMO SER UM OTIMISTA

Algumas pessoas tem a capacidade de adotar uma atitude positiva diante dos fatos, enquanto outras percebem estas situações de forma mais pessimista. Na maioria das vezes uma mentalidade mais positiva permite a tomada de medidas apropriadas, quanto uma visão mais pessimista pode levar ao sofrimento e impotência.
Essa diferença na maneira como percebemos e reagimos a eventos e desafios em nossas vidas é importante para nossa felicidade e saúde. Quando temos uma mentalidade mais otimista, somos mais capazes de amortecer os efeitos de estressores comuns da vida diária e ainda nos sentimos felizes. E, como um estudo descobriu, o otimismo é saudável para nós: pessoas com idades entre 40 e 90 anos tendiam a viver mais se fossem mais otimistas – mesmo levando em conta outros fatores, como dieta, tabagismo e uso de álcool, depressão e condições de saúde.
Mas é possível mudar. Artigo publicado pelo Greater Good Science Center apesenta cinco estratégias baseadas em pesquisa para criar uma visão mais otimista diante da vida:
1. Renomear Estressores
O estresse é inevitável. Todos nós experimentamos aborrecimentos diários – como longas filas, colegas de trabalho irritantes e infinitas listas de tarefas. Embora não possamos eliminar todo o estresse, podemos escolher como pensamos sobre os desafios que enfrentamos e adotar uma nova mentalidade mais positiva em torno deles.
Obviamente, algumas pessoas otimistas parecem fazer isso naturalmente. (Sorte a eles!) Eles passam a vida vendo facilmente o positivo em irritações e eventos ruins, o que ajuda a proteger o humor. Se a reformulação positiva não lhe ocorrer naturalmente, comece tentando se concentrar no que há de bom nos estressores da sua vida diária, e não no que há de ruim neles. Por exemplo, se você estiver preso em um engarrafamento, reserve um tempo para olhar a natureza pela janela e se concentrar em sua beleza. Preso em um aeroporto? Considere um tempo livre inesperado para ligar para um amigo ou ler um bom livro.
Não podemos controlar o que a vida nos lança, mas todos podemos praticar a reformulação de eventos difíceis como desafios a serem mitigados, em vez de calamidades.
2. Pratique a Autocompaixão
Para mudar nossa mentalidade em uma direção mais positiva, podemos simplesmente dar um tempo e nos tratar com bondade, da mesma forma que tratamos um amigo próximo que está tendo dificuldades.
As pessoas que praticam autocompaixão têm menos probabilidade de se culpar quando coisas ruins acontecem, o que funciona a seu favor: elas são menos ansiosas e deprimidas e, em geral, se sentem mais felizes e otimistas em relação ao futuro.
Então, quando coisas ruins acontecem, dê uma folga. Perdoe-se, seja gentil consigo mesmo e trate-se com cuidado e compaixão.
3. Deixe Ir
Além de se culparem por contratempos, as pessoas também podem cair na armadilha de pensar em eventos ruins muito depois de terminarem. Em vez de aceitar o que aconteceu e seguir em frente, eles ficam presos em seus sentimentos negativos.
As pessoas que se criticam por terem pensamentos e sentimentos negativos têm níveis mais altos de depressão e ansiedade, e níveis mais baixos de bem-estar psicológico e satisfação com a vida. Isso porque quando você se culpa por seus sentimentos, cria um ciclo vicioso, em que você pensa em sentimentos ruins que levam a mais pensamentos negativos.
Tente uma nova abordagem: identifique e pare de resistir a esses pensamentos e sentimentos negativos. Por exemplo, você pode pensar: “Estou me sentindo sozinho” ou “Meu trabalho não está indo bem” ou “Estou frustrado no momento por nosso governo”. Nomear e aceitar suas emoções e pensamentos negativos ajudará a manter você se apega a eles com tanta força e abrirá o caminho para uma atitude e resposta mais positivas.
4. Evite Comparações e Pratique Gratidão
Pessoas felizes não precisam se envolver em comparações sociais. Em vez disso, eles praticam gratidão pelo que têm – uma boa maneira de aumentar o otimismo e o bem-estar.
Enquanto as pessoas variam consideravelmente em quanto se envolvem na comparação social, aqueles de nós com uma mentalidade mais negativa acham difícil evitar, principalmente nas mídias sociais. A maioria das pessoas publica apenas as partes boas de suas vidas – crianças bem-sucedidas, férias fabulosas, carreiras impressionantes – o que pode nos levar a acreditar que nossas próprias vidas não estão à altura.
Se você se encontra em uma armadilha de comparação, tente abandonar seu hábito nas mídias sociais ou, pelo menos, mudar a maneira como você pensa sobre os retratos excessivamente positivos que você encontra lá. Em vez de ficar triste com a forma como sua vida não está boa, concentre-se nas coisas reais que são boas na sua vida – por exemplo, meu filho não será o orador da turma, mas ele tem um grande grupo de amigos; minha família não passa duas semanas na Califórnia, mas realmente aproveitamos o verão nas praias gaúchas.
5. Encontre Algum Humor
Em praticamente qualquer situação, é possível encontrar algum humor, e fazer um esforço para fazê-lo pode ajudá-lo a adotar uma mentalidade mais positiva posteriormente.
Encontrar humor ajuda as pessoas a lidar com as pequenas irritações da vida cotidiana, mas é particularmente importante para lidar com as graves situações da vida. Essa capacidade de lidar com as coisas reduz o estresse e seus efeitos negativos no bem-estar físico e psicológico.
Então, da próxima vez que você estiver em uma situação sombria ou difícil, tente o humor. Lembre-se de que essa situação provavelmente será uma boa história mais tarde e tente fazer uma piada sobre isso. Adotar esse tipo de visão de mundo otimista pode levar tempo, energia e esforço, mas realmente vale a pena.
Se esse tipo de mentalidade positiva não lhe parecer natural, não se desespere. Tente encontrar alguém que possa ajudá-lo a cultivar essa habilidade sendo um modelo.

Sua Nova História - por Juliana Zen

Fruto de um longo trabalho no mundo corporativo, Sua Nova História é um estímulo ao profissional para ir em busca do autoconhecimento como ferramenta de crescimento.

Entre em Contato

Rua Santos Dumont, 1285, sl 1201 – Exposição – Caxias do Sul – RS – 95084-390

Me encontre nas redes sociais

Todos os direitos reservados – Juliana Zen CRP 07/05213 – Política de Privacidade