Controle a Depressão do Corona Vírus

Entender o que é a depressão e como controlá-la pode ajudar a evitar que você afunde no mau humor.

A depressão vem aumentando muito em todo o mundo, em grande parte devido ao COVID-19. De acordo com relatórios recentes anetwork.com/journals/jamanetworkopen/fullarticle/2770146/ os sintomas depressivos são pelo menos três vezes mais altos do que antes da pandemia, evidenciando que o custo emocional de viver nesta época é enorme.

Para aquelas pessoas que já são vulneráveis ​​à depressão, este momento é ainda mais tenso.

Hoje mesmo ouvi um depoimento de uma professora de escola infantil que mostrou-se preocupada com o humor das crianças na retomada às aulas.

Elas estão tristes, não sorriem mais, tanto que decidimos fazer um desfile de carnaval para alegra-las.

Um cenário apocalíptico, pais em luta pelo emprego e pelo relacionamento e a preocupação com a saúde mental dos filhos estudando em casa, isolados. Sim as crianças estão tristes.

O surgimento da COVID fez o humor das pessoas despencarem. Todas as mudanças que a pandemia provocou exacerbaram  fatores de estresse, fazendo muitas pessoas sentirem-se deprimidas.

É comum ouvir de pacientes relatos como:

Tudo o que parecia estável em minha vida de uma hora para a outra caiu por terra.

Minha vida social desapareceu e no mundo virtual as coisas não acontecem.

Tudo mudou, eu também não sei qual é o futuro do meu trabalho, me sinto completamente perdido.

Até certo ponto, todos nós podemos correr o risco de sofrer de depressão durante a pandemia, diz Nancy Liu, professora clínica da Universidade da Califórnia, Berkeley.

Você vai se sentir pra baixo. Você vai se sentir um pouco sem esperança ou impotente. Você não vai ficar tão ansioso para se conectar com as pessoas e vai acabar se afastando.

Embora estejamos todos propensos a nos sentir mal em função desta pandemia, é importante diferenciar a depressão da tristeza ou da ansiedade.

A depressão é muito mais debilitante, ela é persistente, implacável, se mantem por semanas e leva você à incapacidade de funcionar normalmente. Problemas com o sono, perda ou ganho significativo de peso, impossibilidade de sair da cama, falta de motivação ou de autoestima e não encontrar prazer nas atividades cotidianas – são sinais de que você pode estar entrando em um estado depressivo.

Se você se identificou com estas situações e acha que tem problemas para se concentrar ou fazer o que precisa fazer na vida por causa desses problemas, considere fazer uma avaliação mais detalhada.

Depressão não é brincadeira e precisa ser tratada. Quanto antes, melhor. Em alguns casos a depressão pode ser fatal, uma vez que se torna um precursor do suicídio.

Mas existem algumas coisas que podemos fazer até o fim da pandemia para cuidar uns dos outros e permanecer mais saudáveis.

1. Obtenha ajuda profissional

Você precisa de alguém com que possa falar sem ter que se preocupar em sobrecarrega-lo com meus pensamentos depressivos. A terapia é muito eficaz para superar transtornos de humor.

Existem muitos profissionais que efetuam atendimento on-line, caso isso deixe você mais confortável neste momento.

2. Inclua pequenas coisas boas à sua vida

Comece a incluir pequenas coisas que você goste em sua vida, para combater os sentimentos de desamparo que geralmente vêm com a depressão.

Planeje pequenas atividades diárias que permitam uma quantidade moderada de prazer e realização (por exemplo, fazer uma receita de uma sobremesa especial, ir no cabelereiro, levar o pet para um banho…). O agendamento de atividades é muito eficaz no início da depressão.

Claro, nem sempre é fácil fazer isso, mas é possível ajustar nossas expectativas e experimentar coisas novas.

 3. Encontre maneiras de exercitar seu corpo

Um dos melhores tratamentos para a depressão é praticar atividade física, a saúde física afeta o seu humor, assim é importante cuidar do seu corpo.

Não é possível ir na academia? Busque alternativas, caminhe, ande de bicicleta. Movimente-se.

4. Priorize você

Embora não seja muito fácil encontrar motivação e energia quando está deprimido, cuidar de você ajuda a melhorar o seu humor.

É a sensação de que você tem algum controle sobre o que acontece com você – é importante para evitar a depressão. Crie uma estrutura no seu dia, para garantir que você agende as coisas que são importantes para o seu bem-estar.

Reserve um tempo para ler um livro, cozinhar, andar de bicicleta ou dar uma caminhada – todas as pequenas coisas que te fazem feliz.

5. Experimente meditação e autocompaixão

Mindfulness, ou  atenção plena, são técnicas testadas cientificamente e que promovem a consciência de sentimentos, pensamentos positivos, de bem estar.

Comece devagar, mesmo que seja um ou dois minutos, e faça-o nos momentos em que não estiver muito estressado ou ansioso. Existem inúmeros aplicativos que você pode baixar.

Quanto mais você pratica, mais você será capaz de perceber seus pensamentos e ser capaz de deixá-los ir, ficando mais distante deles. Está meditando e começou a pensar em algo, deixe o pensamento ir, deixe ele seguir.

Às vezes, porém, pensamentos negativos atrapalham. Talvez você sinta que não merece fazer coisas boas para si mesmo ou que não é bom o suficiente para alcançar seus objetivos.

Se isso estiver acontecendo pratique a autocompaixão. Afinal estamos passando por uma pandemia global e não seremos as melhores e mais produtivas versões de nós mesmos … e tudo bem.

Faça coisas para ser gentil consigo mesmo.

6. Estenda a mão para outras pessoas

Se conecte com as pessoas, ligue para velhos amigos ou parentes, busque companhia em suas caminhadas, encontre maneiras de se envolver com as pessoas de quem você gosta.

Interagir com outras pessoas ajuda muito.

Embora não haja garantia de que possamos impedir alguém de afundar na depressão, ou de que essa pessoa possa se conter, é importante tentar. Afinal, quando alguém está deprimido, isso afeta a todos.

A depressão não afeta apenas a pessoa com depressão. Frequentemente, tem um efeito dominó que atinge a família, amigos, empregadores, etc., de várias maneiras.

É por isso que é bom estar alerta para sinais de depressão em nós e nos outros. Existem coisas que as pessoas deprimidas podem fazer para ajudar a si mesmas, e também todos podemos fazer a diferença se mostrarmos atenção uns aos outros.

 

 

Sua Nova História - por Juliana Zen

Fruto de um longo trabalho no mundo corporativo, Sua Nova História é um estímulo ao profissional para ir em busca do autoconhecimento como ferramenta de crescimento.

Entre em Contato

Rua Santos Dumont, 1285, sl 1201 – Exposição – Caxias do Sul – RS – 95084-390

Me encontre nas redes sociais

Todos os direitos reservados – Juliana Zen CRP 07/05213 – Política de Privacidade