Demência. Isso Assusta Você? Veja como se Proteger.

Até o momento não há nenhum tratamento que possa prevenir ou curar a demência, contudo os pesquisadores de Harvard Medical School identificaram alguns fatores que podem ajudar a proteger contra o declínio cognitivo.

1.    Exercícios
Estudos evidenciam que um programa de exercícios regulares melhoram a função cognitiva em pessoas que já tiveram problemas de memória, além disso, são particularmente vantajosos para as pessoas portadoras da variante do gene APOE4 que torna mais suscetíveis à doença de Alzheimer.
2.    Dieta Mediterrânea
Um padrão alimentar que inclui frutas, legumes, cereais integrais, feijão, nozes e sementes,  azeite  e quantidades moderadas de peixe, aves e produtos lácteos, limitando a carne vermelha além de ser saudável retarda a progressão da demência em pessoas que tem esta condição.
3.    Álcool
Se você gosta de uma bebida alcoólica deve limitar seu consumo a não mais do que duas doses por dia, se for homem e uma dose, se for mulher. E deve preferir o vinho tinto (resveratrol, um composto do vinho tinto, quebra o beta-amilóide  – depósitos anormais de proteínas associadas à doença de Alzheimer)
Contudo os bebedores contumazes, com mais de quatro doses por dia tem o risco de Alzheimer  aumentado em 22%.
4.    Sono
Pesquisas evidenciam que pessoas que dormem regularmente de 7 a 8 horas por noite, tem melhores resultados nos testes de função mental. Isso pode ser porque a aprendizagem e as memórias são consolidadas durante o sono.
5.    Estímulo Mental
Pesquisadores acreditam que o nível de educação é menos importante na manutenção de um cérebro saudável do que o hábito de permanecer mentalmente ativo com a idade –  ler, escrever, fazer palavras cruzadas, jogar cartas, participar de discussões em grupo e tocar música. Pessoas de idade que efetuam atividades estimulantes têm metade da probabilidade de desenvolver demência diante das que não praticam.
6.    Interações Sociais
Relacionamentos sociais autênticos podem ajudar a proteger sua memória e função cognitiva de várias maneiras à medida que você envelhece. Pesquisas mostram que pessoas com fortes laços sociais são menos propensas a sofrer declínios cognitivos do que aquelas que estão sozinhas. As atividades sociais exigem que você envolva vários processos mentais importantes, incluindo atenção e memória, que podem reforçar a cognição e ajuda a fortalecer as redes neurais, diminuindo os declínios normais relacionados à idade. Pode também ajudar a fortalecer a reserva cognitiva, o que pode retardar o início da demência.

                                                     



Sua Nova História - por Juliana Zen

Fruto de um longo trabalho no mundo corporativo, Sua Nova História é um estímulo ao profissional para ir em busca do autoconhecimento como ferramenta de crescimento.

Entre em Contato

Rua Santos Dumont, 1285, sl 1201 – Exposição – Caxias do Sul – RS – 95084-390

Me encontre nas redes sociais

Todos os direitos reservados – Juliana Zen CRP 07/05213 – Política de Privacidade