Enrolando? Pare de Procrastinar.

Você costuma esperar até o último minuto para começar a agir? Fica enrolando…enrolando e acaba na maioria das vezes não fazendo o que precisa ser feito? Aprenda como parar de adiar o que precisa fazer. 

Então veja estas 5 dicas baseadas em evidências cientificas quem podem ajudá-lo a parar de adiar as coisas para amanhã

Muitos já passam por isso. 

O prazo está se próximo e você sabe que precisa finalizar o relatório. Em vez disso, você resolve dar mais uma olhada nas redes sociais enquanto prepara mais um bule de café. Certamente as mídias sociais e um bom café são mais convidativos do que  fazer o relatório, mas ele precisa ser feito.  

Adiar para amanhã o que você poderia fazer hoje é mais comum do que imaginamos.

Um estudo realizado na Inglaterra e publicado no Jornal Clinico e Experimental de Neuropsicologia evidenciou que até 46% dos estudantes universitários relatam que procrastinam em tarefas acadêmicas específicas, e cerca de 10% a 20% dos adultos na população em geral são procrastinadores crônicos. Ou seja, grande parte das pessoas tem a tendência a ficar enrolando e deixando as coisas para serem feitas depois. 

Os cientistas que estudam este tipo de comportamento – procrastinação, definem ele como: 

“um atraso voluntário de um curso de ação pretendido, apesar de esperarem piorar com o atraso”. 

Eles descobriram que as pessoas que procrastinam, as que deixam as coisas para fazer depois, têm uma tendência a escolher a gratificação de curto prazo em vez de metas de longo prazo mais valiosas. E fazem isso mesmo quando o atraso tem sérias implicações de saúde, acadêmicas ou financeiras. lembra do exemplo das mídias sociais e do café? Pois é…. mesmo sabendo que o relatório precisa ser apresentado na reunião, a pessoa não foca no que precisa ser feito, deixa para depois…e depois…. e por vezes não é efetuado ou é feito de qualquer jeito. 

Pessoas com tendência a  procrastinação crônica em geral tem associado:

  • aumento do estresse e ansiedade
  • notas baixas na escola
  • fraco desempenho no trabalho
  • redução do bem-estar.

 

 

Mas muitas pessoas atribuem a falta de tempo, ou ainda a uma má gestão do tempo o fato de procrastinarem, contudo, de acordo com  Joseph Ferrari, professor de psicologia da Universidade DePaul, não existe relação nenhuma. Na verdade a procrastinação está mais associada a gestão da mente do que do relógio. Vamos voltar ao exemplo das mídias sociais e do café.

“Realmente não tem nada a ver com gerenciamento de tempo”, diz ele. “Como eu digo às pessoas, dizer ao procrastinador crônico para simplesmente fazer isso seria como dizer a uma pessoa clinicamente deprimida, anime-se .”

A procrastinação crônica se deve à falta de auto regulação, e não à má administração do tempo. E Isso pode explicar por que aprender habilidades de gerenciamento de tempo geralmente não ajuda os que sofrem de procrastinação. Nestes casos aqueles tradicionais cursos de como administrar seu tempo com planilhas e regras de priorização e planejamento, pouco vão adiantar. 

Em vez de tentar administrar o tempo os procrastinadores precisam aprender a administrar sua mente.

Se tenho 10 coisas a fazer, obviamente preciso priorizar. O procrastinador real tem essas 10 coisas para fazer, talvez faça uma ou duas delas, prioriza novamente, e provavelmente vai fazer uma atividade que nem estava na lista. Isso é procrastinar. Se identificou? Conhece alguém assim? Então você entende porque na cabeça de um procrastinador as mídias sociais e o café tem prioridade. 

Recentemente, cientistas holandeses da Universidade de Utrecht descreveram um novo tipo de procrastinação, que ajudam a entender o fenômeno, fornecendo novos insights.

O Dr. Floor Kroese, cientista holandês da Universidade de Utrecht e sua equipe descobriram que ir para a cama mais tarde do que o pretendido é uma forma de procrastinação . Kroese explica,

“A procrastinação da hora de dormir é definida como deixar de ir para a cama na hora planejada, enquanto nenhuma circunstância externa impede uma pessoa de fazê-lo.”

O estudo apoiou a noção de que procrastinação e autocontrole estão intimamente relacionados. 

“A procrastinação da hora de dormir ocorre quando as pessoas têm pouca energia mental ou força de autocontrole, porque a decisão de ir para a cama é inerentemente tomada no final do dia, quando o autocontrole normalmente é mais fraco”,

Outra descoberta interessante do estudo é que, embora a procrastinação normalmente envolva adiar tarefas desagradáveis, ir para a cama geralmente não é considerado desagradável.

Em vez disso, os pesquisadores especularam que não é tanto uma questão de não querer dormir, mas de não querer parar de fazer  outras atividades agradáveis, especialmente assistir TV ou redes sociais. Voltamos as redes sociais e ao café. 

“Com o desenvolvimento de dispositivos elétricos e a indústria de entretenimento 24 horas por dia, 7 dias por semana, as pessoas podem estar enfrentando muito mais distrações agora do que há várias décadas”

Ok, mas o que pode ser feito? Aqui estão cinco dicas para ajudar os procrastinadores crônicos a começar a partir de hoje:

  

1. Faça a ponte entre o seu eu atual (prazer imediato de olhar as redes sociais e tomar café) e o futuro (prazer de ter realizado a tarefa no prazo e entregar o relatório, recebendo um elogio).

Desenvolver empatia por seu eu futuro é semelhante a desenvolver empatia pelos outros. Faça um esforço consciente para se colocar no lugar do seu futuro eu.

 2. Transforme uma meta de longo prazo em um projeto completo com pequenas metas.

Ofereça prazeres a você mesmo com uma xícara de café ou navegar pelas redes sociais depois de atingir seu micro objetivo, por exemplo, após fazer o esboço do relatório, em vez de esperar até terminar o objetivo geral.

 3. Coloque obstáculos em seu caminho.

Por exemplo, os procrastinadores da hora de dormir são incentivados a desligar a TV e as redes sociais depois de jantar, como forma de cumprir a hora de dormir planejada.

 4.. Aprenda a Sentir Desconforto.

Os procrastinadores tendem a se concentrar em como se sentir mais felizes optando por prazeres imediatos, deixando de lado os pensamentos que os fazem se sentir mal por não ter atingido os objetivos. Sinta o desconforto por  ter procrastinado e deixado de fazer algo.  Perceba que você está fazendo a opção errada.   

5. Perdoe a Si Mesmo

O melhor remédio pessoal para a procrastinação pode, na verdade, ser o perdão a si mesmo. Um estudo sobre alunos procrastinando descobriu que aqueles que se perdoaram depois de procrastinar no primeiro exame eram menos propensos a atrasar o estudo para o segundo.




Este artigo foi publicado pela primeira vez no site ABC Active Memory,

 

 

Sua Nova História - por Juliana Zen

Fruto de um longo trabalho no mundo corporativo, Sua Nova História é um estímulo ao profissional para ir em busca do autoconhecimento como ferramenta de crescimento.

Entre em Contato

Rua Santos Dumont, 1285, sl 1201 – Exposição – Caxias do Sul – RS – 95084-390

Me encontre nas redes sociais

Todos os direitos reservados – Juliana Zen CRP 07/05213 – Política de Privacidade